engenheiro eletrotécnico

És naturalmente um inventor e um solucionador de problemas? Então darias um grande engenheiro eletrotécnico. Como engenheiro eletrotécnico, projetas, desenvolves e testas equipamentos e sistemas elétricos. Na era digital atual, as pessoas estão dependentes dos sistemas elétricos, e é o trabalho dos engenheiros eletrotécnicos manter esses sistemas a funcionar sem problemas.

ver oportunidades
1

o que é um engenheiro eletrotécnico?

Um engenheiro eletrotécnico lida com eletrónica, energia, sistemas de controle e processamento de sinais. Aplica física e matemática para conceber e desenvolver a eletrónica. Confia na conceção assistida por computador (CAD) para criar esquemas para componentes elétricos e criar simulações que ilustram as funções do sistema de dispositivos elétricos. Efetua, também, a manutenção e teste para ver se os dispositivos funcionam corretamente.

Como engenheiro eletrotécnico, trabalhas em várias indústrias, incluindo centrais de produção de energia, empresas de telecomunicações e empresas de desenvolvimento de equipamentos.

Apesar das suas diferenças de especialização, todos os engenheiros eletrotécnicos mantêm os sistemas elétricos em funcionamento nas empresas. Asseguram-se de que todos os sistemas sejam bem conservados e efetuam prontamente atualizações de sistemas. Estes engenheiros são responsáveis pelo planeamento e início de projetos elétricos. Uma vez que um projeto esteja em curso, participam no processo de desenvolvimento até à instalação final. Além disso, os engenheiros eletrotécnicos oferecem assessoria contínua à direção da empresa em todas as questões elétricas e supervisionam outros técnicos de eletricidade.

São necessárias várias competências para te tornares um engenheiro eletrotécnico, desde a teoria básica dos circuitos até às competências de gestão de projetos. Também são necessárias ferramentas especializadas como os voltímetros simples, técnicos de análise de high-end e software avançado de conceção e fabrico.

Trabalhar como engenheiro eletrotécnico adequa-se às tuas capacidades de gestão de projetos e aptidões matemáticas? Então, continua a ler para descobrires de que competências e qualificações precisas para prosperar numa função de engenheiro eletrotécnico. 

Randstad employer brand photo, internal, people, consultants, branch, branches
Randstad employer brand photo, internal, people, consultants, branch, branches
2

salário médio de um engenheiro eletrotécnico

Segundo a Talent, o salário médio de engenheiro eletrotécnico em Portugal é de 1.000 euros por mês, o que se traduz em 12.000 por ano. Ainda que assim seja, um trabalhador com mais experiência pode chegar a receber 20.000 euros por ano. Existem benefícios extra associados a este tipo de trabalho, dependendo da empresa para a qual trabalhes. Alguns empregadores oferecem, por exemplo, seguro de vida, seguro médico ou bónus anuais.

fatores que influenciam o salário de um engenheiro eletrotécnico

Como engenheiro eletrotécnico, o teu salário flutua em função do trabalho e da minúcia necessária para tornar os sistemas operacionais e seguros. Diferentes especializações atraem salários diferentes, uma vez que algumas funções são mais complexas do que outras. Por exemplo, é provável que ganhes mais se te especializares em engenharia de produção do que em engenharia energética. A tua experiência e os teus níveis de formação também aumentam o teu salário. Um engenheiro eletrotécnico profissional ganha mais do que um estagiário licenciado.

Trabalhar para empresas privadas paga mais do que o setor público. A empresa para a qual trabalhas também dita o teu salário. Por exemplo, os engenheiros eletrotécnicos que lidam com projetos de investigação e desenvolvimento têm melhores perspetivas salariais do que os que prestam serviços regulares de manutenção.

ver oportunidades
3

tipos de engenheiro eletrotécnico

A engenharia eletrotécnica é um campo amplo onde também te podes especializar em diferentes categorias, dependendo da tua preferência. Aqui estão alguns tipos de engenheiros eletrotécnicos:

  • engenheiros eletrónicos: como engenheiro eletrónico, projetas componentes elétricos, tais como placas de circuitos para diferentes dispositivos e máquinas. Quem lida com componentes muito pequenos é conhecido como engenheiro microeletrónico.
     
  • engenheiros de sistemas elétricos: como engenheiro de sistemas elétricos, trabalhas em instalações de produção de eletricidade e és responsável pela produção, distribuição e monitorização da eletricidade.
     
  • engenheiros de telecomunicações: como engenheiro de telecomunicações, desenvolves, instalas e fazes a manutenção de sistemas e equipamentos de telecomunicações.
     
  • engenheiros informáticos: como engenheiro informático com formação em engenharia eletrotécnica, trabalhas com programadores de software para desenvolveres hardware e software informático.
     
  • engenheiros de processamento de sinais: o teu trabalho consiste em analisar e alterar sinais digitais para melhorar a precisão e a fiabilidade. Também atualizas regularmente sinais digitais para projetos de radiofrequência, aplicações militares e processamento de sinais biomédicos.
ofertas de emprego
4

trabalhar como engenheiro eletrotécnico

Trabalhar como engenheiro eletrotécnico envolve a aplicação da física para conceber, desenvolver e controlar a eletricidade e a eletrónica. Aqui está uma listagem das responsabilidades dos engenheiros eletrotécnicos, do seu ambiente de trabalho, dos seus horários e das suas expetativas de trabalho.

5

educação e qualificações

Para te tornares um engenheiro eletrotécnico, é necessário que possuas conhecimentos em disciplinas científicas, principalmente em matemática e física. Algumas das formas de te juntares ao setor incluem:

  • licenciatura universitária: é necessário obteres uma licenciatura em engenharia eletrotécnica ou eletrónica. Também podes ingressar na profissão com uma licenciatura em física aplicada, mecatrónica e engenharia eletromecânica. 
     
  • estágios: um estágio em engenharia eletrotécnica pode levar anos dependendo da empresa e das caraterísticas. Os estágios curriculares estão muitas vezes integrados nos cursos e existem também estágios profissionais para este setor ideais para ganhar experiência na área.
     
  • pós-graduações: mestrados e doutoramentos na área podem dar-te mais qualificações e ajudar na tua progressão de carreira.

aptidões e competências

Algumas qualidades para o sucesso na engenharia eletrotécnica incluem:

  • competências profissionais: precisas de estar familiarizado com todas as teorias e aplicações relevantes para o sucesso dos teus projetos de engenharia em termos de conceção, produção e segurança. Estas incluem matemática, conceção de circuitos, desenvolvimento de projetos e manutenção de sistemas elétricos. Para além da formação básica em engenharia, precisas de elaborar projetos de forma eficaz. As competências relevantes de que necessitas neste caso incluem esboços, elaboração e orçamentação para grandes e pequenos projetos. 
     
  • competências pessoais: os engenheiros eletrotécnicos têm de ser bons líderes. É preciso assegurares que os teus engenheiros e técnicos façam tudo corretamente e cumpram os prazos. Necessitas também de boas capacidades de comunicação. Os engenheiros eletrotécnicos colaboram com pares e pessoas dentro e fora da profissão, tais como clientes. Por conseguinte, deves ser capaz de decompor os termos técnicos e comunicar outros detalhes de forma acessível. 
     
  • capacidades de resolução de problemas: os problemas tendem a ocorrer no decurso do trabalho de engenharia. Por isso, é necessária uma boa capacidade de resolução de problemas.
6

FAQs

Perguntas frequentes (FAQs) sobre trabalhar como engenheiro eletrotécnico.

 

thank you for subscribing to your personalised job alerts.