Cada vez mais as empresas percebem que a experiência desempenha um papel significativo na retenção e produtividade. Através da eliminação de tarefas que podem ser automatizadas, do acesso a ferramentas de conexão e de colaboração dentro da organização, as equipas tornam-se mais autónomas e capazes de gerir o seu tempo na realização de tarefas nas quais acrescentam valor, aumentando assim a sua produtividade. O mesmo acontece quando falamos de candidatos: o feedback constante e acompanhamento durante e após o processo de recrutamento, aumenta o engagement com a organização e melhora a experiência no momento da atração.

José Pestana, Senior Manager Shared Service Centers & Technologies, defende a importância de providenciar a candidatos e colaboradores uma experiência positiva na atração e retenção e de como a tecnologia pode cada vez mais ser um aliado das empresas na relação com os seus talentos.


Conheça esta e outras tendências na gestão de talento aqui.