carpinteiro

Como carpinteiro, usas a tua criatividade para desenhar e construir artigos usando madeira. Terás uma gama de opções de carreira baseadas na tua capacidade de dar vida aos teus designs criativos. Os carpinteiros são competentes na medição, reparação e criação de mobiliário, tais como armários, prateleiras e gavetas. Vê o que precisas de saber para te tornares carpinteiro, incluindo o teu salário médio, e os melhores locais para encontrares um emprego.

 

vagas para carpinteiros
1

o que é um carpinteiro?

O trabalho de um carpinteiro é conceber, construir ou reparar os elementos de madeira de um edifício. Desde armários e portas personalizadas, até vigas de apoio estrutural para escadas, os carpinteiros fornecem mão-de-obra qualificada em ambientes de construção, mas trabalham principalmente com materiais naturais como pau e madeira.

Quando se trabalha com madeira, está-se a ajudar a acrescentar personalidade e calor às casas e áreas públicas. Por exemplo, painéis de parede à medida, mobiliário criado à medida e acabamentos únicos podem realçar a beleza dos espaços interiores.

Um carpinteiro utiliza as suas capacidades para transformar uma exigência prática como as estantes numa componente decorativa. Os projetos variam consoante o empregador, quer ele esteja a trabalhar em edifícios comerciais ou residenciais.

Como carpinteiro, os teus conhecimentos na conceção de mobiliário e artigos de madeira por medida também aumentam as tuas perspetivas de emprego. Por exemplo, podes trabalhar para empresas de produção de mobiliário e fazer parte da equipa criativa que produz artigos únicos para venda.

ver oportunidades
2

salário médio de um carpinteiro

Se pretendes uma carreira com infinitas opções para aumentar os teus ganhos, deves juntar-te ao setor da carpintaria. Segundo a Talent, o teu salário médio como carpinteiro em Portugal rondará os 1.200 euros mensais, equivalentes a 14.400 euros anuais. Este valor pode alcançar os 27.938 euros anuais para os trabalhadores mais experientes e qualificados. Tal como na maioria dos empregos comerciais, o teu salário e os benefícios dependem geralmente do teu horário de trabalho. Expandires os teus conhecimentos e competências complementares, tais como os da área do design, também te tornarão mais valioso para um empregador.

que fatores afetam o salário de um carpinteiro?

O teu salário como carpinteiro varia consoante o teu empregador, e se trabalhas a tempo inteiro ou a tempo parcial. Estás a trabalhar para um empreiteiro de uma associação de construção de habitações ou para um construtor de casas bem estabelecido? Grandes empreendimentos imobiliários exigem competências complementares e especialização para um trabalho de qualidade.

Por conseguinte, o salário refletirá as especialidades e as competências especializadas. Uma pequena loja de mobiliário familiar tem requisitos mínimos de qualificação e um menor salário, mas é uma oportunidade emocionante para aumentares as tuas competências com um maior nível de liberdade criativa. Se tiveres especialização em trabalhos em madeira, como restauro histórico ou reparação de antiguidades, o teu pacote de compensação é significativamente melhor do que o de um aprendiz com competências de nível básico. Além disso, a localização, a economia local, e a tua disponibilidade para viajar podem ter impacto no teu salário.

3

tipos de carpinteiro

Precisas de conhecimentos básicos de carpintaria para iniciar a tua carreira, mas se quiseres ser um carpinteiro de sucesso, poderás explorar trabalhos em áreas que podem ser menos comuns: 

  • carpinteiro patrimonial: podes-te formar em carpintaria patrimonial caso adores trabalhar com antiguidades ou restaurar edifícios históricos. Como carpinteiro de património, podes dar por ti a reconstruir, restaurar e renovar edifícios históricos utilizando as técnicas e os materiais utilizados quando estes foram originalmente concebidos.
  • conceção de cenários: sabias que também podes ser capaz de trabalhar na indústria cinematográfica e teatral como carpinteiro? Podes até ver o teu trabalho no grande ecrã, caso os cenários e adereços em que trabalhaste forem utilizados na produção.
  • carpinteiro de loja: os retalhistas querem, muitas vezes, criar espaços únicos, acrescentando acessórios de designer para combinar com o estilo da sua marca. Os profissionais de loja instalam acessórios e prateleiras feitas de materiais naturais. 
  • design de mobiliário: se fores criativo, o design de mobiliário é um percurso de carreira apelativo para as tuas capacidades de carpintaria. O teu trabalho é criar mobiliário de raiz, desde armários e roupeiros a cadeiras e mesas.

Encontra o teu novo emprego.

Estás à procura de um emprego? Temos muitas vagas adequadas para ti. Vamos procurar juntos!

carreiras
carreiras
4

trabalhar como carpinteiro

Estás a perguntar-te como é trabalhar como carpinteiro? Então, espreita as tarefas diárias que poderás realizar e o que o teu horário de trabalho poderá envolver.

5

educação e competências

É importante explorar a educação, formação e certificações para entrar neste mundo. Algumas das opções incluem:

  • formação: um diploma de um curso técnico da área da carpintaria ou marcenaria são as formas mais populares para iniciares a tua carreira. Enquanto ganhas experiência de nível básico em carpintaria, aprenderás a utilizar as ferramentas do ofício e a descobrir a sua área de especialização favorita. Existem cursos para vários níveis de carpintaria, sendo que a formação contínua é valorizada neste setor.
  • aprendizagem prática: se já tens competências básicas, a prática é a forma perfeita de aproveitares a tua experiência. Uma aprendizagem prática permite-te trabalhar enquanto ajudante, ganhando experiências valiosas e oportunidades de networking num ambiente do mundo real. Com esta aprendizagem podes trabalhar 30 horas semanais enquanto fazes o teu curso. A boa notícia é que um estágio te permite progredir mais rapidamente para qualificações superiores com a oportunidade de te especializares numa área específica de carpintaria.

aptidões e competências

Para além das qualificações educacionais, são necessárias competências técnicas e competências gerais para avançares no campo da carpintaria. Estas aptidões incluem:

  • criatividade: estavas a transbordar de criatividade quando estavas a crescer? Ser carpinteiro requer capacidades de resolução de problemas e capacidade de inovação para ultrapassar os desafios que possas enfrentar durante o trabalho. Esta criatividade também pode ser utilizada para conceber peças de mobiliário ou mobiliário de interior por medida.
  • atenção ao detalhe: se tiveres um olhar atento aos detalhes, irás dar-te bem no setor da carpintaria. Esta atenção assegura-te de que não falharás as especificações dos seus clientes e produzirás um trabalho de elevada qualidade. A atenção ao detalhe também assegura que o trabalho é concluído de forma eficiente, dentro do orçamento estipulado.
  • aptidão com números: os conhecimentos matemáticos são úteis para medir e cortar madeira, minimizar desperdícios, ou estimar os custos do projeto.
  • liderança: se fores o carpinteiro mestre, precisas de competências de liderança para gerir equipas e aprendizes no local. As competências de liderança também te ajudam a motivar a tua equipa e a fornecer instruções claras sobre os passos a dar para a realização do projeto.
6

FAQs

Perguntas mais frequentes (FAQ’s) sobre trabalhar como carpinteiro.

 

thank you for subscribing to your personalised job alerts.