Quer esteja a trabalhar remotamente num contexto empresarial ou pretenda juntar-se à crescente mão-de-obra em freelance, pode usufruir da liberdade e flexibilidade de trabalhar a partir de casa, enquanto está com o seu filho. Siga estas dicas de como trabalhar a partir de casa com uma criança pequena! Pronto para começar?

teletrabalho com criança

Trate a hora da sesta como um ritual sagrado.

Quer seja um trabalho individual ou partilhado com um parceiro, este tempo faz uma enorme diferença na sua produtividade diária. Bloqueie este espaço na sua agenda, 
deixe o seu telefone noutra sala, ligue os auscultadores e oiça o Spotify (o nosso podcast #everydayHero pode ser uma boa opção). Concentre-se apenas em tarefas de trabalho profundas. Acredite, os resultados podem ser tremendos e duplicar a sua produtividade durante estes períodos de trabalho concentrado e profundo. 

Não se esqueça de manter-se flexível, este horário pode mudar consoante a necessidade da criança. Por regra geral, tente assegurar de que nunca está a contar com esse período de sesta para prazos importantes. Desta forma, nunca se encontrará numa posição comprometedora em que tenha de dizer a um cliente que o seu trabalho está atrasado porque o seu filho não quis dormir a sesta hoje. 

Escolha entre ser um madrugador ou uma coruja noturna.

Eis a dura verdade: não se pode ser ambos ( e se tentar, vai entrar em desespero na primeira semana).

Faça esta escolha considerando:

  • um melhor alinhamento com os horários dos seus clientes: é importante que trabalhe num horário prático para os seus clientes que podem estar em países com fuso-horários diferentes do seu.
  • tempo de trabalho mais garantido:  opte por um horário laboral em que saiba que o seu filho vai estar mais sossegado. Se souber que este tem padrões de sono fixos, pode optar por trabalhar mais tarde, o que irá permitir maximizar a sua produtividade e terá menos hipóteses de perder o tão necessário tempo de trabalho. 


Reserve tarefas sem sentido para os tempos mais exigentes.

Um trabalho profundo e importante deve ter tudo a ver com a realização de tarefas em que se precisa de concentrar totalmente, e é por isso que não é provável que o consiga concluir enquanto a sua criança está acordada. Mas isso não significa que não consiga despachar algumas das tarefas mais insignificantes da sua lista de tarefas durante as horas de vigília. Reserve este tempo na sua agenda para pôr em dia os e-mails, tratar de tarefas administrativas e realizar alguns trabalhos básicos.

É claro que bloquear tempo durante o dia para desligar e passar tempo com o seu filho é uma das grandes vantagens de trabalhar em casa, por isso não passe todos os momentos em que o seu filho está acordado a responder a e-mails no seu telefone. Dê a si próprio algum tempo para passar do trabalho administrativo necessário para as brincadeiras. 

Guarde a sua arma secreta para momentos de desespero.

Vai chegar uma altura em que terá uma conferência telefónica importante dentro de cinco minutos, mas não conseguirá que o seu pequeno se acalme o tempo suficiente para se separar e atender a chamada.Nesses momentos, é sempre bom ter um truque na manga! Precisa de uma arma secreta absolutamente garantida para o distrair o tempo suficiente para atender a sua chamada. Dependendo do seu filho ou filha, pode ser um doce, um jogo ou música. A questão é encontrar algo que coloca o seu filho "na zona" e usá-lo com moderação - o uso excessivo significa que perde o seu efeito.