<p><span>“Sem grande dúvida, o tema comum em recrutamento é de que os candidatos querem sempre ser recrutados no momento”</span><span>, diz </span><span>Richard Whale, Gestor de Agência na Randstad CPE.<br><br>
Isso é óptimo, mas e se um excelente candidato é descoberto, um que decididamente contrataria se pudesse, mas o mercado está de tal forma que não o pode fazer até que uma oportunidade real fique disponível? Ou, o que acontece se um projecto para o qual está a contratar de repente cai por terra?</span></p>
<p><span> De acordo com Whale, ambos os cenários são uma crescente preocupação para as empresas. Poucas empresas querem desperdiçar bom talento que tenham encontrado – mas se não podem fisicamente recrutar agora, tem de os manter interessados. <br><br>
É neste momento que o acompanhamento ao candidato vem à tona. É possível manter os candidatos interessados, mas apenas se forem acompanhados correctamente. <br><br></span></p>
<p><span>quais são as principais dicas de Whale:</span></p>
<p><span>Defina as expectativas certas desde o início </span><span><br>
Quando é do seu interesse manter um talento interessado, deverá mostrar-se igualmente interessado. É fundamental que ofereça à pessoa uma visão clara de como se posiciona. Dessa forma os candidatos podem planear o que poderão estar a fazer nos próximos seis meses – tal como fazer trabalho temporário. A maior parte deles apreciará a sua atitude. <br><br></span><span>Manter um contacto regular </span><span><br>
Algumas pessoas, como os que já tem um emprego, poderão não necessitar de um contacto tão regular como aqueles à procura de uma oportunidade, mas  a chave é acordar datas de contacto. Faça isto para que ambas as partes se possam actualizar em relação à sua situação no momento. Um contacto por mês parece ser o mais adequado.  <br><br></span><span>Controle as incertezas </span><span><br>
Está a pedir aos candidatos que depositem muita confiança em si. Embora não seja possível garantir uma oportunidade a 100%, controle as incertezas nas mentes dos candidatos sendo honesto e frontal com eles. </span></p>
<p><span> </span></p>
<p><em><span>Este </span></em><em><span>artigo foi publicado pela primeira vez em</span></em><span> : <a href="http://www.randstad.co.uk/"; target="_blank"><span>www.randstad.co.uk</span></a></span></p&gt;