A COVID-19 teve um  impacto significativo na economia. Muitas pessoas foram demitidas e muitas empresas tiveram de reavaliar se, quando e como contratam. Isto tem colocado os candidatos a emprego numa posição única. “Deveria procurar emprego agora? O que preciso de fazer de diferente? Deveria esperar?”  Estas são questões que pode estar a ponderar durante a sua procura de emprego.

procura de emprego

Criámos esta lista de dicas que pode utilizar para impulsionar a sua procura de emprego durante e após a COVID-19:

1. Aceite que as coisas mudaram

A forma como costumava procurar emprego mudou. Os tipos de candidatos que as empresas procuram, a forma como contratam, os processos de recrutamento e as condições de trabalho mudaram. É preciso aceitar que o que pode ter funcionado para si no passado pode já não ser relevante no mercado de trabalho actual. 

2. Continue a procurar

Não pare a sua procura de emprego! Mesmo que as empresas para as quais deseja trabalhar não estejam a contratar ou tenham colocado o recrutamento em  espera, continua a ser importante para si continuar a procurar oportunidades. A situação da COVID-19 é muito volátil. As coisas podem mudar amanhã ou podem levar meses.

3. Seja paciente

A paciência é importante. Mesmo que tenha um contacto inicial com um empregador que queira contratar, pode esperar um processo de contratação mais longo. As configurações remotas e os obstáculos desafiantes dificultam o funcionamento das empresas. Recrutar não é diferente. Tenha paciência à medida que as empresas se adaptam ao novo normal.

4. Expanda os tipos de empregos em que está interessado

A função que talvez quisesse ou estivesse interessado antes da pandemia pode não estar disponível. Ou pode ser muito diferente do que era. Considere uma pesquisa mais ampla. Esteja aberto a diferentes funções às quais está bem adaptado. Talvez valha a pena procurar empregos semelhantes numa indústria diferente. Seja flexível.

5. Considere empregos temporários

Há muitas empresas nos sectores dos serviços, da logística e da saúde que procuram contratar agora mesmo. Se não for capaz de encontrar trabalho permanente a tempo inteiro na sua área, considere um emprego temporário enquanto continua a sua procura de emprego. É uma óptima forma de fazer ligações e manter um fluxo de rendimentos a fluir.

6. Alavanque a sua rede online

Mesmo que os empregadores não estejam a contratar, continua a ser muito importante comunicar a sua procura. Ligue-se à sua rede e dê a conhecer que está à procura de um movimento de carreira. A sua rede de networking é uma das melhores fontes para encontrar uma nova oportunidade.

7. Esteja pronto para entrevistas em vídeo

As entrevistas de trabalho em vídeo são o novo normal. Sente-se à vontade para estar na câmara e configurar o seu vídeo feed e microfone? Utilizou vídeo-conferências e ferramentas de reunião? Se não, é altura de começar a utilizá-las e familiarizar-se com elas, para que se sinta confortável e natural se precisar de estar preparado para uma entrevista em vídeo.

8. Actualize as suas competências

As competências e as características que as empresas procuram estão a mudar. Uma coisa que a COVID-19 tem salientado é a necessidade de trabalhadores com competências tecnológicas. Também existe um destaque para importância das empresas terem funcionários determinados. Os trabalhadores que são flexíveis, adaptáveis, e têm fortes capacidades de gestão da mudança são muito procurados.  Destaque estas competências e características no seu currículo e candidatura a emprego.

9. Acompanhe o processo

Se não teve notícias de uma empresa depois de se ter candidatado, não deixe de fazer o acompanhamento. Há muitas peças em movimento neste momento. O acompanhamento e re-comunicação do seu interesse ajudá-lo-á a manter-se no topo quando as empresas começarem a avançar com as contratações.

fonte: randstad canada