global management challenge

global management challenge

IEFP, em parceria com a Randstad e a SDG, convida desempregados a integrar Competição Internacional de Estratégia e Gestão (Global Management Challenge)

O objetivo é fortalecer competências e permitir o acesso a experiência de enriquecimento profissional.

O Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), em parceria com a Randstad e a SDG, convida desempregados a participar na edição de 2014 do Global Management Challenge (GMC). 

Nos próximos dias 11 e 14 de Março serão realizadas sessões de esclarecimento sobre esta competição, em Lisboa e no Porto. Foram convidados cerca de 4.000 desempregados, inscritos no IEFP.

Conforme declarações de Jorge Gaspar, Presidente do IEFP e entidade apoiante do GMC, “Nas nossas iniciativas e nos programas que desenvolvemos temos sempre como objectivo a reintegração profissional. Acreditamos que este processo pode ser acelerado quando complementamos competências e damos novas oportunidades formativas aos nossos inscritos. Com esta parceria com a Randstad estamos a dar mais um passo nesse sentido, permitindo experiências num ambiente empresarial simulado aproximado àquilo que é a realidade do mercado, o que vai com certeza permitir a pessoas em transição desenvolver competências e adquirir experiências que serão importantes para o seu futuro a nível profissional e pessoal”.

A Randstad, patrocinadora destes jogos de gestão, decidiu este ano integrar nas suas equipas desempregados por reconhecer a importância de reforçar currículos numa fase de transição profissional. “Gerir uma empresa, ter de fazer opções estratégicas e chegar a uma decisão num grupo de trabalho de pessoas desconhecidas é um desafio que exige competências e que as desenvolve. Na nossa estratégia de valorização das pessoas e porque sabemos que estas são o verdadeiro activo do nosso país, queremos dar a oportunidade de se valorizarem e estamos confiantes que serão um verdadeiro motivo de orgulho para nós ao participarem na nossa equipa”, afirma José Miguel Leonardo, diretor geral da Randstad Portugal. 

Os desempregados contactados e interessados em participar nesta competição, deverão estar presentes nas sessões de esclarecimento e, posteriormente, enviar a respetiva candidatura. O número de lugares é limitado e a seleção das equipas será efetuada tendo por base os anos de experiência profissional, a formação académica e a análise da motivação do candidato.

Sobre o Global Management Challenge

A SDG – Simuladores e Modelos de Gestão, entidade especializada na utilização de metodologias de desenvolvimento de competências baseadas na dinâmica das simulações empresariais, associou-se em 1980 ao  Jornal EXPRESSO dando início à Gestão Global, hoje, Global Management Challenge (GMC).  

O GMC é uma Competição Internacional de Estratégia e Gestão presente em mais de 30 países e que consiste numa simulação empresarial, envolvendo diversos setores da vida empresarial e universitária, em que cada equipa gere uma Empresa com o objectivo de obter o melhor desempenho do Investimento. Este critério reflecte o valor da empresa para os respectivos investidores. Isto não é apenas o valor de mercado da empresa, mas inclui o valor de quaisquer dividendos pagos ou de quaisquer acções recompradas aos investidores menos o custo de quaisquer acções que lhes tenham sido atribuídas.

A tomada de decisões de gestão de topo, resultantes da conjugação das condicionantes do mercado em que competem com o objetivo da máxima satisfação do cliente, permite participar num verdadeiro programa de formação internacional, bem como desenvolver fatores fundamentais na gestão moderna, como o trabalho de equipa, visão global de um negócio, análise de diferentes cenários, identificação de soluções alternativas e, ainda, elaboração de estratégias empresariais.

O Global Management Challenge é disputado em duas voltas e uma Final. A equipa vencedora da Final Nacional irá representar Portugal na Final Internacional do Global Management Challenge, em Abril do ano seguinte, defrontando as equipas vencedoras dos outros países participantes.