enfermeiro

És altamente adaptável e capaz de desempenhar múltiplas tarefas? Então, uma carreira como enfermeiro é adequada para ti. Um enfermeiro ajuda os médicos e profissionais de saúde na avaliação e tratamento de doentes. Uma vez que lidas com diferentes pacientes e doenças, precisas de ser adaptável para lidares com várias situações.

empregos como enfermeiro
1

o que é um enfermeiro?

Como enfermeiro, fazes parte da equipa multidisciplinar. Trabalhas habitualmente em consultórios e hospitais de clínica geral com médicos, dietistas e farmacêuticos. Prestas cuidados primários e tratas de todos os aspetos do tratamento de pacientes, desde o tratamento de pequenos ferimentos até à assistência em operações menores.

O teu trabalho envolve a avaliação, rastreio e administração de medicamentos a pessoas de todas as idades. Também forneces cuidados básicos de enfermagem como imunização, vacinação, tratamento de feridas e recolha de amostras de doentes. Por vezes, o teu trabalho envolve que lides com doenças a longo prazo como diabetes, asma e doenças cardíacas.

O teu papel fundamental como enfermeiro envolve também oferecer conselhos de saúde sobre perda de peso, cessação do tabagismo e contraceção. Diriges programas de reabilitação para promover a saúde das pessoas.

Trabalhar como enfermeiro envolve uma vasta gama de tarefas, o que proporciona um ambiente de trabalho desafiante e gratificante. Isto significa que precisa de ser adaptável e flexível para lidares com diferentes situações. Como enfermeiro, também necessitas de competências pessoais, uma vez que trabalhas em estreita colaboração com os pacientes e as suas famílias. O teu papel permite-te desenvolver relações a longo prazo com indivíduos para gerir as suas doenças e ajudá-los a melhorar o seu bem-estar.

És formado para prestar cuidados a todos os tipos de pacientes, e podes trabalhar em qualquer estabelecimento de saúde. Como enfermeiro, trabalharás em hospitais, consultórios de médicos de clínica geral, clínicas de cuidados primários, lares de idosos e centros de saúde mental. Trabalhas também em agências governamentais, campus de faculdades e nas forças armadas. As empresas com clínicas internas também dependem dos enfermeiros para tratar os seus funcionários.

Trabalhar na área da saúde como enfermeiro adequar-se-ia à tua flexibilidade e interesse em ajudar as pessoas? Então, continua a ler para saberes de que competências e qualificações precisas para prosperar numa função de enfermeiro. 

enfermerio
enfermerio
2

salário médio de um enfermeiro

Segundo a Talent, num nível inicial um enfermeiro ganha cerca de 15 mil euros anuais. Quando ganhas experiência, no entanto, este valor pode ascender aos 25.350 euros por ano. Fundamentalmente, em Portugal, o salário médio ronda os 19.200 euros anuais, correspondentes a um salário mensal de 1.600 euros. Ao salário somam-se outros benefícios, onde se podem incluir seguros de vida ou médicos. Neste trabalho poderás também receber bónus e horas extraordinárias.

O salário de um enfermeiro varia de acordo com o empregador e instituição de saúde, sendo que poderás ter benefícios ao trabalhares para o Serviço Nacional de Saúde, onde trabalharás como funcionário do Estado, no setor público da saúde. 

que fatores influenciam o salário de um enfermeiro? 

Como enfermeiro, a tua experiência e nível de educação ditam o teu pacote de remuneração. Quando tens muitos anos de experiência, é provável que ganhes mais do que alguém com poucos anos no ramo. O estabelecimento de saúde para o qual trabalhas também determina os teus ganhos. Por vezes, trabalhar no setor privado proporciona perspetivas salariais mais elevadas do que as agências governamentais.

3

tipos de enfermeiros

A classificação dos enfermeiros depende da área de especialização e das funções específicas que desempenham. Alguns dos tipos de enfermeiros incluem:

  • enfermeiro clínico: como enfermeiro clínico, o teu trabalho envolve cuidados gerais ao paciente, diagnosticando e tratando condições e lesões menores. Também podes prescrever medicamentos aos pacientes.
  • enfermeiro-chefe: também conhecido como enfermeiro supervisor, este tem um papel de responsabilidade na supervisão e desenvolvimento de funções no local de trabalho, assumindo um papel de liderança e ficando responsável pelas unidades que lhe estão consignadas.
  • enfermeiro especializado: este tipo de enfermeiro é certificado pela Ordem dos Enfermeiros dentro de uma das especialidades de enfermagem (comunitária, médico-cirúrgica, de reabilitação, pediátrica, obstétrica e de psiquiátrica).
4

trabalhar como enfermeiro

Tornares-te um enfermeiro pode ser uma carreira gratificante que envolve ajudar pessoas. É um trabalho prático que requer confiança e paixão por servir os outros. Vamos explorar deveres específicos e o ambiente de trabalho de um enfermeiro.

descrição do trabalho como enfermeiro 

As funções e responsabilidades específicas de um enfermeiro incluem:  

  • registar os sintomas de um doente: como enfermeiro, perguntas aos doentes sobre os sintomas que eles estão a sentir e registas os seus sinais vitais. Simplificas assim o processo de diagnóstico de um médico. Atualizas os registos médicos do paciente com o novo diagnóstico e o plano de tratamento recomendado pelo médico. Também recolhes informações do processo de um paciente, como alergias, medicamentos que toma atualmente e história familiar relevante, que o irão ajudar no diagnóstico.
  • administrar tratamentos: como enfermeiro, participas no desenvolvimento de planos de tratamento e na administração de medicamentos prescritos por médicos. Também tratas lesões menores, limpas e tratas de feridas, inseres e retiras catéteres e trocas de ligaduras.
  • realizar testes de diagnóstico: durante o diagnóstico, o médico pode recomendar vários testes ao doente. Como enfermeiro, recolhes amostras de sangue, tecido, urina ou fezes e envias estas amostras para o laboratório para serem analisadas. És também responsável pela análise dos resultados dos testes e pela partilha dos seus resultados com a equipa.
  • realizar exames físicos: como enfermeiro, avalias a saúde global de um doente antes de se iniciar um novo plano de tratamento. Por exemplo, é necessário determinar a sua temperatura, tensão arterial e batimento cardíaco. Também testas os reflexos de um paciente, examinas a sua garganta, olhos, ouvidos e nariz, e informas a equipa médica sobre o seu estado de saúde.
  • prestar apoio e aconselhamento aos doentes: como enfermeiro, precisas de assegurar que o doente está confortável e compreende o plano de tratamento. Também prestas apoio quando um doente recebe notícias médicas desafiantes e és quem o aconselha sobre formas de melhorar a sua saúde.
  • educar os doentes na gestão de doenças: como enfermeiro, educas os doentes sobre vários sintomas e formas de os gerir. Também explicas os cuidados de saúde no domicílio após o tratamento e dás instruções claras sobre quando um doente precisa de consultar um médico sem demora. Podes recomendar exercícios ou práticas de reabilitação para melhorar a saúde dos pacientes. 
5

educação e aptidões

Podes tornar-te um enfermeiro das seguintes maneiras:

  • grau universitário: como enfermeiro, precisas de estar registado na Ordem dos Enfermeiros. Isto significa que deves completar um curso de enfermagem ou estudos de saúde relacionados antes de procurares certificação e registo na Ordem. Se tiveres uma formação numa carreira de saúde diferente e quiseres juntar-te à enfermagem de clínica geral, podes fazer um curso de especialização.
  • experiência profissional: para obteres um emprego como enfermeiro, precisas de estar registado na Ordem dos Enfermeiros. Podes conseguir um emprego especializado quando tiveres experiência na gestão de doenças crónicas, imunização e recolha de amostras de sangue. Alguns empregadores também exigem perícia em áreas específicas da enfermagem, como a enfermagem comunitária.

aptidões e competências

Como enfermeiro, precisas das seguintes aptidões e competências:

  • cuidar: precisas de estar atento para prestares os melhores cuidados aos pacientes. A prestação de cuidados ajuda-te a administrar o tratamento a tempo para aliviar a dor e aconselhar os pacientes sobre as melhores formas de estimular a recuperação.
  • atenção aos detalhes: como enfermeiro, geres muitas tarefas, desde receber instruções dos médicos até à realização de exames. É preciso que estejas orientado para os detalhes para evitar misturar planos de tratamento ou administrar o medicamento errado aos pacientes.
  • capacidade de resolução de problemas: precisas de uma capacidade natural de resolução de problemas para teres sucesso nesta função, uma vez que lidas com vários pacientes e, por vezes, o diagnóstico dos testes não é claro. Uma capacidade excecional de resolução de problemas ajuda-te a evitar resultados adversos para os pacientes.
  • resistência: as exigências físicas de se ser enfermeiro podem ter um custo para ti. O teu papel envolve levantar e ajustar pacientes, andar pelo hospital ou administrar tratamentos. Estar fisicamente em forma torna o teu trabalho mais fácil.

 

 

6

FAQs

Perguntas frequentes (FAQ’s) sobre trabalhar como enfermeir

thank you for subscribing to your personalised job alerts.