Mais de 1700 colaboradores em Centros de Atendimento da Altice Portugal

Consolidando a sua intervenção no desenvolvimento económico do país, nas suas diferentes regiões, a Altice Portugal anuncia a inauguração de mais um contact center Altice/Randstad, na Universidade Católica de Viseu, com a integração ao longo de 2018 de 160 novos empregos. Com as presenças do Presidente Executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, do CEO da Randstad Portugal, José Miguel Leonardo, e do Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, a inauguração do novo contact center materializa um contributo expresso para o crescimento local e o reforço do compromisso assumido pela Altice Portugal de investir na economia de forma global, de norte a sul e do litoral ao interior.

Com cerca de 125 postos de trabalho nesta fase de arranque, este investimento da Altice Portugal conta com mais de 70% de colaboradores do sexo feminino e mais de 30% com qualificações de nível de licenciatura, evidenciando uma oportunidade para a dinamização da criação de empregos locais e da capacidade de posicionamento da própria cidade de Viseu, agora com maiores fatores de atratividade.  

De acordo com Alexandre Fonseca, Presidente Executivo da Altice Portugal, «esta parceria agora reforçada com a Randstad Portugal permite colocar ao serviço da cidade de Viseu um conjunto de infraestruturas, recursos, oportunidades e sinergias, com vista à formação e ao emprego locais, num compromisso cada vez mais sólido com o interior do país». «Liderar a maior empresa de comunicações de Portugal significa, do meu ponto de vista, ter uma visão para o país, intervir diretamente no seu desenvolvimento, ser parte ativa da sua autonomia para crescer. O investimento em Viseu é, por isso, uma peça fundamental desta lógica, deste compromisso, deste desígnio», remata Alexandre Fonseca.    

O CEO da Randstad Portugal, José Miguel Leonardo, afirma «é para nós um orgulho fazer parte deste projeto que não apenas incluí o recrutamento e gestão de pessoas mas também a instalação do próprio contact center e toda a tecnologia e processos que este tipo de negócio implica. Em paralelo este projeto tem revelado a nossa capacidade de integrar no mercado de trabalho realidades sociais muito diferentes, demonstrando que o verdadeiro talento não tem limite de idade e que muitas das vezes uma oportunidade real de trabalho pode mesmo mudar a vida das pessoas».

Para o Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, “Esta aposta da Altice\Randstad no interior do país é uma iniciativa que se multiplica em oportunidades com grande impacto social. E é mais uma prova da capacidade que a cidade-região de Viseu tem de atrair investimento num país cada vez mais centralizado. Este investimento em particular e o perfil de trabalhador que acolhe dá resposta a uma franja da população que normalmente não a tem, desmistificando a ideia de que as empresas tecnológicas empregam uma minoria.”

Viseu é uma das 13 localizações selecionadas pela Altice para o desenvolvimento do seu património de contact centers, o qual tangibiliza um projeto nacional de investimento, formação e emprego,  contemplando estruturas modernas e tecnologicamente avançadas nos concelhos de Amarante, Castelo Branco, Covilhã, Fafe, Guarda, Lamego, Macedo de Cavaleiros, Oliveira do Hospital, Penafiel, Viana do Castelo, Vieira do Minho e Vila Real, onde ao todo e ao longo de dois anos e meio foram já recrutadas mais de 1.700 pessoas.