motivar a sua equipa

Um dos principais desafios com que se depara um chefe hierárquico é motivar todos os membros de uma equipa.

Não é uma tarefa fácil uma vez que nem todas as pessoas respondem da mesma forma aos mesmos incentivos. Os chefes hierárquicos têm que descobrir um estimulo positivo para cada funcionário sob o seu comando.


principais dez motivadores no local de trabalho

Em seguida são apresentadas dez formas de motivar os funcionários:

  1. perguntar o que esperam obter da função que desempenham: saber que um chefe hierárquico está interessado nos objectivos de um funcionário, fará com que muitos outros se sintam melhor relativamente aos seus empregos;
  2. considerar a idade e a fase da vida de cada funcionário: os funcionários que estão a iniciar a sua vida profissional estarão mais focados em promoções rápidas comparativamente àqueles que já estão no topo do seu desenvolvimento profissional;
  3. combinar motivadores com a cultura da empresa: os engenheiros podem ser motivados através da participação em projectos inovadores, enquanto que os profissionais da área das vendas utilizam métricas para quantificar o seu desempenho;
  4. identificar personalidades: alguns funcionários gostam de reconhecimentos públicos; outros preferem agradecimentos muito mais discretos;
  5. utilizar flexibilidade no trabalho para tornar a vida dos funcionários mais fácil de gerir e demonstrar que têm confiança neles;
  6. honestidade, confiança e segurança são as três principais características que os funcionários pretendem encontrar nos seus chefes hierárquicos;
  7. presentismo está desactualizado, equilíbrio entre vida pessoal e profissional é a tendência;
  8. oferecer ajuda relativamente aos objectivos de desenvolvimento profissional: quando perguntar aos funcionários qual o tipo de trabalho de que gostam, descubra que funções esperam vir a desempenhar no futuro. A existência de oportunidades para desenvolver competências e os contactos necessários para progressão profissional irão criar lealdade e motivação;
  9. ajudar os funcionários a adquirir novas competências laborais: os funcionários mais jovens, em particular, têm percepção de que uma aprendizagem contínua é a forma de permanecerem empregáveis;
  10. reconhecer que a motivação nem sempre é a resposta: se os seus esforços não estiverem a surtir resultados, pode não ser culpa sua (o funcionário deveria realmente estar a desempenhar outra função, talvez seja melhor incentivá-lo a procurar algo novo).

 

principais desmotivadores no local de trabalho

Uma, ou mais, das práticas seguintes é uma forma de desmotivar os seus funcionários:

  • indicar publicamente o erro de um funcionário raramente tem bons resultados;
  • se os funcionários sentirem que o seu trabalho árduo passa despercebido, irão, em primeiro lugar, questionar-se porque motivo estão a trabalhar tão arduamente. Elogie, em privado ou em público;
  • após solicitar ideias, pedir aos funcionários a sua opinião sobre uma política ou pedir um esboço de proposta, certifique-se de lhes transmitir os resultados, mesmo que não existam resultados. O não reconhecimento dos contributos demonstra falta de respeito;
  • estabelecer objectivos ou prazos inatingíveis;
  • não explicar acções ou partilhar dados da empresa;
  • ameaças implícitas, especialmente publicamente para toda uma equipa, tem o efeito oposto no que respeita à motivação;
  • não honrar o pensamento criativo e a resolução de problemas dos funcionários;
  • a microgestão é, talvez, o pior desmotivador. Os funcionários precisam de se sentir valorizados e que existe confiança neles para terem sucesso - a microgestão transmite o oposto.

Procura uma visão mais aprofundada sobre motivadores e desmotivadores dos funcionários?

Leia a investigação mais recente e aprofundada da Randstad sobre motivadores no local de trabalho.

< voltar à página anterior