growth mindset: um novo paradigma nas empresas

"As technology constantly evolves, we’re asked to learn something new every day.

Rebecca Henderson
chief executive officer, Randstad Sourceright

Há muito que a revolução tecnológica deixou de ser uma previsão para passar a fazer parte dos nossos dias. A próxima geração a integrar o mercado de trabalho já não se vai lembrar do que era acordar sem Internet. O ritmo a que a mudança acontece desafia pessoas e organizações a adaptar-se mais rapidamente. Parar para aprender deixa de ser uma opção. O novo paradigma é “nunca parar de aprender”.

Mais do que uma nova forma de agir, estamos perante uma nova forma de pensar sobre o desenvolvimento individual e organizacional. Neste contexto, ganha relevância o conceito de growth mindset, proposto por Carol Dweck, Professora na Universidade de Stanford: a capacidade de encarar o talento como algo que pode ser desenvolvido, através de trabalho, esforço, estratégias e inputs vários.

De acordo com a sua investigação, as pessoas que acreditam que o talento pode ser desenvolvido (por oposição às pessoas que acreditam que o talento é inato), tendem a atingir melhores resultados, porque colocam toda a sua energia na aprendizagem. Por outro lado, nas empresas em que este tipo de mentalidade é vivido e encorajado, os colaboradores tendem a assumir maior compromisso organizacional, revelar maior engagement e a receber maior apoio por parte da organização para continuar a colaborar e inovar.

O growth mindset é uma das competências que integra o Modelo de Competências Future Proof, modelo que desenvolvemos com um foco específico nas necessidades futuras das organizações. Tendo por base a análise do contexto atual e o estudo das tendências de futuro de cada setor, identificámos os principais desafios das empresas na preparação para a mudança e mapeámos as competências que precisarão de desenvolver para se adaptar. Para nós, este modelo é um ponto de partida no processo de future proofing das organizações. 

E a sua organização? Tem um plano para preparar o talento para o futuro? 

por Ana Vargas Santos, senior consultant, Human Consulting

 

Continuamos a conversar?

Nuno Troni, director Professionals, Outplacement, Human Consulting, RPO                                                                               

email: nuno.troni@randstad.pt

 

 

 

 

 

< voltar à página anterior