a importância da eficiência nas PMEs

 Numa PME, a cadeia de valor compõe-se por poucos elos e, portanto, a falta de produtividade de apenas um pode atrasar toda a empresa.

As pequenas e médias empresas são entidades cujas dimensões possuem certos limites ocupacionais e financeiros. Numa PME, a cadeia de valor compõe-se de poucos elos e, portanto, a falta de produtividade de apenas um pode atrasar toda uma empresa.

Os aspectos que mais incidem no compromisso dos empregados para com a empresa para quem trabalham são a reputação e a imagem da empresa, bem como a confiança e motivação que os seus superiores lhes transmitem.

Assim, os resultados e os lucros da empresa dependem, de maneira directa, do rendimento dos seus trabalhadores. Uma organização com trabalhadores pouco envolvidos produzirá resultados piores.


a selecção correcta das pessoas que constituem uma empresa é uma tarefa vital

Visto que uma empresa deve ser vista como a soma dos esforços de uma grande equipa, é muito importante o trabalho desenvolvido por cada membro da mesma.

Cada um contribui em função das suas capacidades e, numa equipa motivada e bem gerida, o todo é maior que a soma das suas partes.

As consequências de possuir uma boa equipa de trabalho são muitas para a organização, em matéria de produtividade e crescimento empresarial, desenvolvimento e imagem de marca.

Para tal, a selecção de uma boa equipa de colaboradores terá sempre uma influência positiva no futuro da sua empresa.

Obter o maior rendimento do pessoal pressupõe um dos desafios mais importantes para a empresa, já que implica cumprir para com o cliente em termos de qualidade e serviços prestados. A eficácia do factor humano é vital para o êxito de qualquer empresa.

Ao tratar-se de uma organização de menor dimensão, é vital trabalhar de forma conjunta. Uma equipa que trabalhe bem em grupo entende os pontos fortes e os pontos fracos de cada membro, troca ideias e apoia-se mutuamente. Ser capaz de desenvolver as capacidades máximas de cada empregado é também imprescindível.

Nas pequenas e médias empresas, o carácter polivalente dos que as integram permitirá que esse trabalho seja da responsabilidade de todos. Nas PMEs fala-se de equipas.

Contratar as pessoas mais adequadas e gerir de forma eficiente a sua formação, desenvolvimento, relações laborais, segurança, sanidade, salário e incluindo os benefícios não é uma tarefa fácil.

Na Randstad queremos ser seu parceiro no âmbito dos recursos humanos e encontrar a solução que melhor se ajuste às suas necessidades.

 

Seja um candidato, uma pequena ou grande empresa, consulte-nos!​

 

Este artigo foi publicado pela primeira vez em: www.randstad.es

< voltar à página anterior