<p>Neste mundo global e informatizado, as startups de tecnologias da informação (TI) são frequentes por serem modelos de negócio altamente escaláveis e de reduzido custo inicial, comparativamente com outros setores de atividade.</p>
<p>A capacidade de diferenciação empresarial reside forte e diretamente nas <em>hard </em>e <em>soft skills</em> dos colaboradores. Em startups esta dependência pode ser mais significativa dadas as limitações estruturais e financeiras de um produto e/ou serviço em fase de pesquisa, investigação e desenvolvimento, nas quais o desempenho individual é mais notório.</p>
<p>A escassez de talentos e especialização funcional das TI, a necessidade de foco no core <em>business</em>, a dificuldade de atração de candidatos e promoção do projeto são alguns dos motivos pelos quais a Randstad Professionals é abordada por empreendedores.</p>
<p>Tal como os agricultores podam os pepinos para que se desenvolvam da melhor forma, também os empreendedores têm que garantir cuidados básicos aquando do cultivo da sua ideia: pessoas, recrutarem as melhores pessoas. E desde o início, preferencialmente.</p>
<p>Todos ouvimos falar de tendências como <em>big data</em>, <em>cloud</em>, <em>security</em>, <em>analytics </em>e <em>mobile</em>, entre outras. Nós temos o privilégio de conhecer os profissionais que desenvolvem estes campos, de assistir ao crescimento exponencial de alguns, em tempos startups, onde o risco e a incerteza não se sobrepuseram ao sonho. É com bastante satisfação que reencontramos profissionais, outrora candidatos, hoje realizados.</p>
<p>Nuno Troni, diretor da Randstad Professionals</p>