Randstad com novo contact center em Fafe

Depois de ter chegado a várias cidades do interior ao longo dos últimos meses, a Randstad vai inaugurar um novo contact center em Fafe, esta quinta-feira, pelas 16h30. A infraestrutura conta já com 190 colaboradores (uma turma de 15 ainda em formação), cerca de metade do seu potencial.

A sessão de inauguração do contact center será presidida pelo ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, e irá contar com a presença do presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha e do diretor-geral da Randstad, José Miguel Leonardo. No mesmo dia, será inaugurado o novo edifício municipal do concelho.

O investimento integra o projecto de atendimento em língua francesa para o grupo Altice, que já conta com os contact centres da Randstad em Castelo Branco, Lamego, Amarante, Guarda e Vieira do Minho, contando com uma equipa que totaliza mil pessoas, estando previsto chegar ao final do ano com um total de cerca de 1.500 colaboradores em 13 localizações (já com confirmadas as cidades de Viseu, Penafiel, Macedo de Cavaleiros e Viana do Castelo).

Além do estímulo económico a zonas do interior do País e do apelo ao regresso de emigrantes às suas origens, este projeto cria reais oportunidades de emprego. “Em Fafe 72% dos nossos colaboradores vieram de uma situação de desemprego, sendo que maioritariamente estamos a falar de pessoas com formação ao nível do secundário ou básico” afirma José Miguel Leonardo, CEO da Randstad Portugal, “este projecto é uma oportunidade de ter um trabalho e ainda de ganhar competências. Todos os nossos colaboradores têm uma formação inicial de 5 semanas, tanto a nível comportamental como técnico, além de um contrato a termo incerto após o período de formação e estágio”.

Paralelamente ao recrutamento de pessoas fluentes em francês, a Randstad, em parceria com o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), está a dar formação de aperfeiçoamento a candidatos com conhecimentos básicos neste idioma para atingirem o nível pretendido e assim poderem integrar o projeto do contact center. 

Para o presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, este investimento “reflete uma oportunidade de criação de emprego que é atualmente um problema com que se deparam os territórios. Criar condições para ter a trabalhar neste projeto no centro da cidade até 350 pessoas é naturalmente uma notícia muito positiva, ainda para mais quando a grande maioria dos empregos criados foram preenchidos por fafenses. Acredito que além do emprego direto o indireto também ajudará a minimizar as dificuldades de empregabilidade."

José Miguel Leonardo acrescenta ainda que a inauguração deste investimento em Fafe reforça “o papel das autarquias na captação de investimento e na criação de postos de trabalho. As necessidades do projeto da Altice encontraram em Portugal uma resposta adequada. O talento e conhecimento das pessoas, muitas delas ex-emigrantes que assim puderam regressar ao seu Portugal – a vontade e entusiasmo das autarquias em reter investimento e a capacidade e o esforço da Randstad em montar a operação e atrair os talentos. É uma fórmula de sucesso que vemos replicada no interior do país, em regiões marcadas pela emigração e onde a criação de estímulos, de emprego e formação é uma grande mais-valia”.

Para concorrer às vagas disponíveis, a Randstad tem em curso uma campanha de recrutamento para linhas internacionais de atendimento em francês, a decorrer através do site da Randstad (www.randstad.pt) e do e-mail candidaturas.fr@randstad.pt.