Randstad abre contact centre na Covilhã

A Câmara Municipal da Covilhã e a Randstad Portugal inauguraram esta terça-feira um novo contact center no concelho. Este centro de atendimento constitui o 13.º contact centre da rede desenvolvida e gerida pela Randstad para a empresa de telecomunicações. O projeto conta já com 65 colaboradores em operação e tem 15 pessoas a iniciar formação para integrar a equipa, prevendo-se que se chegue a 120 colaboradores até ao final do ano. 

A sessão de inauguração do contact center foi presidida pelo secretário de estado adjunto e do comércio, Paulo Alexandre Ferreira e contou ainda com a presença do presidente da Câmara Municipal da Covilhã, Vítor Pereira, do CEO da Altice, Alexandre Fonseca, e do CEO da Randstad Portugal, José Miguel Leonardo.

Estimular a diminuição da taxa de desemprego local, atrair população tecnicamente qualificada, criar postos de trabalho e revitalizar o tecido económico e social na zona interior do país são os objetivos centrais deste projeto desenvolvido pela Randstad para a Altice.

Paralelamente ao recrutamento de colaboradores, a Randstad, em parceria com o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), está a dar formação de aperfeiçoamento aos colaboradores com conhecimentos básicos neste idioma a um grupo de 15 pessoas já selecionadas para integrarem o contact centre.  

Para Vítor Pereira, Presidente da Câmara Municipal da Covilhã, “esta instalação representa um impulso à criação de emprego e à qualificação das pessoas no concelho”. E reforça ainda que “é um projecto que se reveste de uma importância extrema pelo impacto que acredito que terá na dinamização económica e na criação de riqueza no concelho”.

Para o CEO da Randstad Portugal, José Miguel Leonardo, a inauguração do 13.º centro de atendimento do projeto Altice na Covilhã “tem um forte simbolismo, não só por assinalar a consolidação do projeto como também por sublinhar o sucesso de um projeto que contribui de forma significativa para a dinamização económica e social de zonas mais interiores do país”. José Miguel Leonardo assinala ainda que “este contact centre, que iniciou a operação em dezembro de 2017, é mais um exemplo da capacidade de fazer acontecer e de gerir projetos com complexidade mas amplamente desafiantes por parte das equipas da Randstad”.

O projeto de atendimento para o grupo Altice conta já com os contact centres da Randstad em Castelo Branco, Lamego, Amarante, Guarda, Vieira do Minho, Viana do Castelo, Fafe, Oliveira do Hospital e Penafiel, Viseu e Macedo de Cavaleiros, contando com uma equipa que totaliza de cerca de 1.400 colaboradores envolvidos no projeto. 

Os interessados em integrar este projeto podem candidatar-se através do site da Randstad (www.randstad.pt).