Portuguesa integra primeira Academia de Engenharia Randstad-Williams

Portuguesa integra primeira Academia de Engenharia Randstad-Williams

A Randstad Williams Engineering Academy (RWEA) nasce de uma parceria entre a equipa de Fórmula 1 Williams e a Randstad, que pretende seleccionar alunos de todo o mundo para desenvolverem uma carreira de Engenharia na Fórmula 1. A primeira edição começa em breve e conta com a participação de uma estudante portuguesa.

Ana Andrade foi escolhida entre vários jovens que competiram na iniciativa “F1 in Schools World Finals 2015”, desafio que se realizou em Singapura entre 13 e 16 de Setembro. O primeiro grupo de alunos a integrar o projecto é proveniente dos EUA, Alemanha, República da Irlanda, Austrália, Reino Unido e Portugal. 

Nesta academia, os jovens terão de completar uma série de módulos de e-learning sobre automobilismo desenvolvidos pela Williams em parceria com a Cambridge University Press. Cada estudante terá um engenheiro experiente da Williams como professor-mentor para guiá-lo através das várias actividades de e-learning e aconselhá-lo sobre a carreira de automobilismo. 

A Randstad Williams Engineering Academy é o primeiro modelo de formação no desporto de Fórmula 1 totalmente dedicado a identificar e apoiar uma nova geração de estrelas na engenharia deste desporto automóvel. A Randstad, parceira da Williams na avaliação contínua dos alunos, terá ainda um papel estratégico de aconselhamento de carreira e experiência prática, bem como na criação de oportunidades de trabalho nos respectivos países de origem dos alunos.